Tipos de Câncer

O que é câncer

O que é câncer

Câncer é o crescimento desordenado e anormal de células que, dividindo-se rapidamente, formam tumores no órgão ou local do corpo em que se iniciaram e podem se espalhar para outras regiões do corpo, invadindo tecidos adjacentes ou órgãos a distância.

O termo câncer abrange mais de 100 tipos de doenças malignas.

Os tipos de câncer correspondem aos tipos de célula do corpo onde esse crescimento desordenado se originou:

  • Carcinomas – quando começam em tecidos epiteliais, como pele ou mucosas;
  • Sarcomas – quando começam em tecidos conjuntivos, como osso, músculo ou cartilagem;
  • Leucemias – as células se originam no tecido que produz o sangue (medula óssea) e desenvolve um grande número de células anormais na circulação sanguínea;
  • Linfomas – têm origem nas células do sistema imunológico;
  • Câncer do Sistema Nervoso Central – quando começam em tecidos como o cérebro e medula espinhal.

Como surge o câncer

O câncer surge a partir de uma alteração no DNA da célula (uma mutação genética), e ela passa a receber instruções de atividade erradas.

As células humanas são formadas por membrana celular (a parte mais externa), citoplasma (o corpo da célula) e núcleo – este último contém os cromossomos, que por sua vez são compostos por genes. Os genes possuem um “memória química” chamada ácido desoxirribonucleico – o DNA –, onde ficam todas as instruções sobre como cada célula deve funcionar. As alterações que levam ao câncer podem ocorrer em genes especiais, chamados proto-oncogenes, responsáveis por transformar células saudáveis em células cancerosas.

O processo de formação do câncer é chamado de carcinogênese ou oncogênese. É lento, podendo levar anos até uma célula cancerosa se proliferar e dar origem a um tumor visível.

Diferentes agentes cancerígenos (ou carcinógenos) são responsáveis pelo início, promoção, progressão e inibição do tumor. A carcinogênese depende da exposição a esses agentes em uma combinação de frequência em determinado período de tempo e da interação entre eles. As características de cada pessoa facilitam ou dificultam a instalação do dano celular.

A carcinogênese é um processo composto por três estágios:

  • Estágio de iniciação – os genes sofrem a ação dos agentes cancerígenos e as células são geneticamente alteradas, mas ainda não é possível detectar um tumor clinicamente;
  • Estágio de promoção – as células geneticamente alteradas sofrem o efeito dos agentes cancerígenos classificados como oncopromotores e são transformadas em células malignas. É preciso haver um longo e continuado contato com o agente cancerígeno promotor, e a suspensão desse contato muitas vezes interrompe o processo nesse estágio. Alguns exemplos de fatores que promovem a transformação das células são componentes da alimentação e exposição excessiva e prolongada a hormônios; e
  • Estágio de progressão – é a multiplicação descontrolada e irreversível das células alteradas. O câncer já está instalado, evoluindo até o surgimento das primeiras manifestações clínicas da doença.