Convivendo
com o câncer

O diagnóstico de câncer é apenas mais uma etapa da vida. Para enfrentar esse momento da melhor maneira, além do tratamento direcionado pelo oncologista para cada caso específico, há ainda uma rede de apoio formada por outros especialistas que, desta forma, promovem uma linha de cuidado integral ao paciente e que garante também aos familiares o acolhimento necessário durante todo o processo de combate à doença.

Exercícios Físicos

Manter o corpo em movimento durante o combate ao câncer é a recomendação para a maioria dos pacientes oncológicos. Os exercícios ajudam a manter a saúde física e mental e evitam a perda de funções corporais, da força muscular e da mobilidade.

Medicina Integrativa

O tratamento contra o câncer vai além do combate à doença: é preciso cuidar da mente, do espírito e do restante do corpo. A medicina integrativa na oncologia aborda a cura de forma integral, com a inclusão de terapias complementares e o objetivo de otimizar a qualidade de vida, atenuando os efeitos físicos e emocionais no paciente e nas pessoas ao seu redor.

Saúde Mental

É natural sentir angústia, tristeza, ansiedade e desconforto com o diagnóstico e o tratamento do câncer, ao mesmo tempo em que um bom resultado de exame pode causar uma felicidade plena. Criar ferramentas para chegar a uma regulação emocional é um aspecto importante da luta contra a doença.

Controle da dor​

As dores do paciente oncológico podem ser causadas pelo próprio câncer ou pelos procedimentos e exames, além de condições emocionais que interferem no físico. Aliviá-las ou diminuí-las com o auxílio de equipe médica multidisciplinar é parte do tratamento e pode ajudar até no sono e na alimentação.