Você está em:

Efeitos na pele e unhas

Alguns tipos de quimioterapia podem provocar alterações na pele, mas, na maioria das vezes, são mudanças menores que melhoram após o término do tratamento quimioterápico. Entretanto, algumas alterações devem ser tratadas imediatamente, já que podem ocasionar um dano permanente.

Mudanças menores: coceira, ressecamento da pele, erupções cutâneas, descamação, mais sensibilidade quando exposta ao sol.

Mudanças importantes: reação severa da pele, em casos em que o local tenha recebido previamente radioterapia e/ou quimioterapia, que pode causar dor, vermelhidão ou bolhas.

Extravasamento da medicação: em caso de dor ou ardência durante a administração da quimioterapia, comunique imediatamente à equipe de enfermagem.

Reações alérgicas à quimioterapia: comunique imediatamente ao seu médico se apresentar chiado no peito ao respirar, coceira na pele, aparecimento de rash cutâneo (sentir o seu rosto ficar vermelho e esquentar) ou urticária.

As unhas também podem ser atingidas durante o tratamento quimioterápico, tornando-se mais escuras, frágeis e quebradiças, mas, depois de um tempo, voltam a crescer.

Dicas

  • Coceira, ressecamento da pele, vermelhidão, rash cutâneo e descamação: esses sintomas podem ser aliviados com banhos curtos, usando uma esponja macia e um sabonete suave. Evite tomar banhos longos e quentes;
  • Use creme ou loção após o banho; utilize-os enquanto a pele ainda está úmida;
  • Evite o uso de perfumes, colônias ou loções que contenham álcool em sua composição;
  • Sensibilidade ao sol: evite a luz solar direta, não se exponha entre as 10h e 16h;
  • Utilize um bloqueador com Fator de Proteção Solar (FPS) de pelo menos 30 ou mais. Proteja, também, os lábios com batom que contenha FPS de pelo menos 15. Use roupas que protejam sua pele, preferentemente de cores claras: camisas ou blusas de algodão com mangas compridas, calças compridas, chapéus;
  • Use luvas para proteger mãos e unhas se for lavar louça, limpar a casa ou trabalhar em jardinagem;
  • Não use produtos que possam ser irritantes para unhas e cutículas;
  • Evite machucar as cutículas quando fizer as unhas das mãos e dos pés;
  • Comunique seu médico em caso de alterações nas unhas ou se as cutículas ficarem vermelhas e sensíveis.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsável técnico: Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG: 26609