Você está em:

Diarreia

A diarreia, caracterizada pelo aumento da frequência das evacuações e/ou pela presença de fezes mais soltas, moles ou aquosas, pode aparecer em decorrência do uso de alguns medicamentos quimioterápicos, apresentando-se com maior ou menor intensidade dependendo da sensibilidade de cada organismo.

Dicas

Nos casos menos intensos, algumas medidas podem ajudar:

  • Realize a higiene íntima com água e sabão após as evacuações. Evite traumatizar a região perianal usando o papel higiênico;
  • Observe e monitore o número de evacuações, o aspecto das fezes e a presença de sangramentos;
  • Caso apresente diarreia persistente por mais de 24 horas, procure orientação médica;
  • Siga as instruções para o uso de medicamentos antidiarreicos conforme prescrição.

Recomendações nutricionais

  • Procure beber bastante líquido para repor suas perdas (água de coco, isotônicos, sucos de frutas, chás). Evite bebida gasosa (água com gás e refrigerantes);
  • Evite alimentos gordurosos, fritos, condimentados ou muito doces;
  • Evite alimentos crus, integrais e fibras;
  • Evite consumir excesso de alimentos com cafeína (café, chá preto, chá mate, ice tea, chocolate);
  • Evite, nesse período, consumir leite de vaca e seus derivados. Experimente leite de soja ou de vaca com baixo teor de lactose;
  • Alimente-se de bolachas, frutas cozidas, batata, cenoura, chuchu, arroz e carnes (vaca, frango ou peixe) assadas, cozidas, grelhadas ou ensopadas.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsável técnico: Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG: 26609