5560, 5560, HEMATOLOGICA, HEMATOLOGICA.png, 4251, https://www.grupooncoclinicas.com/hematologica/wp-content/uploads/sites/6/2021/05/HEMATOLOGICA.png, https://www.grupooncoclinicas.com/hematologica/hematologica-4/, , 1, , , hematologica-4, inherit, 0, 2021-05-29 18:12:58, 2021-05-29 18:12:58, 0, image/png, image, png, https://www.grupooncoclinicas.com/hematologica/wp-includes/images/media/default.png, 256, 47, Array
Você está em:

Laboratórios Especializados

A Hematológica possui laboratórios especializados no diagnóstico de doenças onco-hematológicas. Com uma equipe qualificada e equipamentos de alta tecnologia, os laboratórios de Citogenética, Citometria de Fluxo e Criopreservação realizam exames e procedimentos confiáveis, importantes na caracterização genética cromossômica, imunológica e morfológica das células do sangue.

Laboratório de Citogenética

  • Cariótipo de Banda G;
  • Cariótipo de Medula Óssea;
  • Cariótipo para Doenças Hematológicas em Sangue Periférico;
  • Pesquisa de Quebras Cromossômicas para Anemia de Fanconi.

O exame de cariótipo pode identificar anomalias cromossômicas em situações constitucionais, como síndromes genéticas, déficit de desenvolvimento, infertilidade, estudo do casal, ou hematológicas adquiridas, tais como leucemias aguda e crônica, mielodisplasias, linfomas, mieloma múltiplo, entre outras.

As células são selecionadas em estágio metafásico da divisão celular e coradas por bandeamento G, o que permite melhor visualização microscópica.

20 a 22 dias úteis para liberação do laudo.

Sangue periférico, medula óssea e líquidos pleural, ascítico e de higroma cístico.

Medula óssea

Colher amostra em seringa descartável, estéril e heparinizada (0,1 mL de heparina sódica para 1-5 mL de medula óssea). Homogeneizar lentamente. Não transferir para tubo. Vedar o bico da seringa, para evitar contaminações e acidentes. A amostra tem validade de 6 horas após a coleta e deve ser mantida em temperatura ambiente.

Sangue periférico

Tubo estéril com heparina sódica, coletar de 3 a 6 mL. Homogeneizar lentamente. Amostras para doenças hematológicas têm validade de 6 horas após a coleta e devem ser mantidas em temperatura ambiente. Amostras para doenças constitucionais têm validade de 48 horas após a coleta e devem ser mantidas sob refrigeração (4 a 12 °C).

Outros líquidos corpóreos

Sangue de cordão umbilical deve ser coletado por punção em seringa heparinizada (0,1 mL de heparina sódica para 1-5 mL de amostra). Tem validade de 48 horas após a coleta e deve ser mantido sob refrigeração (4 a 12 °C). Líquido pleural, ascítico ou higroma cístico, coletado por punção em seringa estéril. A amostra tem validade de 6 horas após a coleta e deve ser mantida em temperatura ambiente.

Laboratório de Citometria de Fluxo

A imunofenotipagem é utilizada para diferenciar/caracterizar as leucemias linfoides, mieloides e fenótipo misto. Ajuda a distinguir/subclassificar doenças linfoproliferativas crônicas e estudar linfocitoses persistentes. Avalia pacientes com síndrome mielodisplásicas e mielomas. Mede a efetividade do tratamento pelo estudo de Doença Residual Mínima.

Citometria de fluxo.

O resultado imunofenotípico é correlacionado ao estudo morfológico e liberado em apenas 4 dias úteis (menor prazo do mercado), com prévia de doenças graves em até um dia e contato facilitado com os responsáveis pelo exame.

Sangue periférico, medula óssea, líquidos cavitários e linfonodos.

Medula óssea

Colher amostra em seringa descartável seca, sem anticoagulante, e transferi-la imediatamente para tubo a vácuo contendo EDTA. Homogeneizar lentamente. Volume: aproximadamente 2 mL (com intuito de minimizar hemodiluição). Enviar pelo menos um mielograma para análise morfológica complementar. A amostra tem validade de 48 horas após a coleta e deve ser mantida em temperatura ambiente.

Sangue periférico

Colher 4 mL em tubo a vácuo contendo EDTA. Homogeneizar lentamente. Enviar pelo menos um esfregaço sanguíneo para análise morfológica complementar. A amostra tem validade de 48 horas após a coleta e deve ser mantida em temperatura ambiente.

Outros líquidos corpóreos

Para líquor, colher no mínimo 1 mL em conservante Transfix, que deve ser solicitado com antecedência. A amostra tem validade e conservação de 48 horas após a coleta e deve ser mantida sob refrigeração (4 a 12 °C). Demais líquidos corpóreos, colher aproximadamente 50 mL em um frasco estéril. A amostra tem validade de 4 horas após a coleta e deve ser mantida em temperatura ambiente.

Centro de Processamento Celular

O Centro de Processamento Celular realiza a criopreservação (congelamento) de células-tronco hematopoiéticas (células com capacidade de gerar novas células sanguíneas), para uso em transplantes de medula óssea.

Tratamento de diversas doenças, como: mieloma múltiplo, linfomas, leucemias, tumores de células germinativas, neuroblastoma, entre outras.

As células são retiradas do paciente por leucoférese, preparadas em condições estéreis e criopreservadas entre -80°C e -190°C até o momento do transplante. O Centro de Processamento Celular possui uma equipe altamente qualificada para a realização dos procedimentos.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsáveis técnicos:
Dra. Cláudia Maria Franco Ribeiro | CRM-MG: 12180
Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG: 26609