Você está em:

Glossário

NEUTROPENIA

Diminuição do número de neutrófilos no sangue abaixo dos níveis normais. Pode ser aguda (curta duração) ou crônica (duração maior que três meses). Em oncologia, a neutropenia pode surgir como um efeito colateral do tratamento do câncer, causado pela quimioterapia, radioterapia e/ou drogas de alvo molecular.
A neutropenia pode estar associada à ocorrência de febre, situação conhecida como neutropenia febril, além de resultar em maior risco de contração de infecções.
Em alguns casos, a redução da dose de quimioterapia ou da droga de alvo molecular pode ser suficiente para a reversão da neutropenia. Em outros casos, pode ser necessária a interrupção temporária do tratamento. Quando o número de neutrófilos é muito baixo e/ou quando ocorre febre ou infecção, pode ser necessária a internação hospitalar e a administração de antibióticos.
Atualmente, existem medicamentos que podem prevenir e tratar a neutropenia, estimulando a produção de neutrófilos. Esses medicamentos são conhecidos como fatores de crescimento hematopoiéticos.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsável técnico: Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG: 26609