Você está em:

Glossário

GRANULÓCITOS

Os granulócitos são células de defesa do organismo, caracterizadas pela presença de grânulos em seu interior. São produzidos na medula óssea, encontrados na corrente sanguínea e compreendem os neutrófilos, eosinófilos e basófilos. Os grânulos presentes nessas células contêm substâncias tóxicas, capazes de degradar micro-organismos estranhos ao organismo.
O número de granulócitos no sangue pode ser avaliado através do hemograma. O monitoramento dessa quantidade é importante durante o tratamento do câncer, já que a quimioterapia, a radioterapia e as drogas de alvo molecular podem reduzir a quantidade dessas células no sangue.
Além disso, existem neoplasias hematológicas, como as leucemias, que podem causar aumento significativo de granulócitos na corrente sanguínea, situação conhecida como granulocitose.
Outras células de defesa do organismo não apresentam grânulos em seu interior, sendo chamadas de agranulócitos. Abrangem os linfócitos e os monócitos.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsável técnico: Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG: 26609