Você está em:

Glossário

CICLO DE TRATAMENTO

A expressão “ciclo de tratamento” é frequentemente utilizada em referência à quimioterapia ou às drogas de alvo molecular.
Em geral, o primeiro dia de um ciclo de tratamento é designado como D1, o segundo dia como D2, e assim sucessivamente.
Os medicamentos têm dias certos para serem administrados, seguindo padrões estabelecidos na literatura médica. Por exemplo, um determinado medicamento pode ser aplicado no D1 e no D8, enquanto outro pode ser administrado do D1 ao D5.
Além disso, após a administração de um ou mais medicamentos, cada um em seus respectivos dias, pode haver um período de descanso, para que o paciente se recupere dos eventuais efeitos colaterais do tratamento.
Findo o período de descanso, os medicamentos são novamente administrados em seus respectivos dias.
Assim, o período de tempo compreendido entre o D1 e o último dia de descanso é designado como “ciclo de tratamento”.
Os ciclos de tratamento têm duração pré-estabelecida. Em geral, essa duração é de uma a seis semanas, sendo mais frequentemente de três ou quatro semanas.
Os ciclos de tratamento podem ser repetidos inúmeras vezes ou até indefinidamente, em alguns casos. O número de ciclos de tratamento é determinado pelo médico, com base na literatura científica. O número de ciclos de tratamento não se relaciona necessariamente com a gravidade do caso. Em geral, são aplicados de quatro a seis ciclos de tratamento.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsável técnico: Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG: 26609