Grupo Oncoclínicas

Você está em:

“Estudo de Niraparibe em Associação com Acetato de Abiraterona e Prednisona Versus Acetato de Abiraterona e Prednisona para Câncer de Próstata Metastático Sensível à Castração com Determinadas Alterações Genéticas”

Critério de inclusão:
Diagnóstico de adenocarcinoma de próstata
Deve ter alteração do gene de reparo de recombinação homóloga deletéria apropriada (HRR)
Doença metastática documentada por pelo menos uma lesão óssea
A terapia de privação de andrógenos (castração médica ou cirúrgica) deve ter sido iniciada> = 14 dias antes da randomização e com intenção de continuar durante a fase de tratamento.
Outra terapia anterior permitida para câncer de próstata metastático sensível à castração (mCSPC): (a) máximo de 1 curso de radiação ou intervenção cirúrgica para controlar os sintomas de câncer de próstata. A radiação com intenção curativa não é permitida. A radiação deve ser concluída antes da randomização (b) <= 6 meses de terapia de privação de androgênio (ADT) antes da randomização; e (c) 30 dias de acetato de abiraterona + prednisona (AA-P) permitidos, se necessário

Critério de exclusão:
Tratamento prévio com um inibidor de poli (adenosina difosfato-ribose) polimerase (inibidor) (PARP) – História de disfunção adrenal
O uso de corticosteroides administrados sistemicamente por um longo prazo (maior que [>] 5 miligramas [mg] de prednisona ou equivalente) durante o estudo não é permitido. O uso de curto prazo (<= 4 semanas, incluindo redução gradual) e esteróides administrados localmente (por exemplo, inalados, tópicos, oftálmicos e intra-articulares) são permitidos, se clinicamente indicado
História ou diagnóstico atual de síndrome mielodisplásica (SMD) / leucemia mieloide aguda (LMA).

Link do estudo: https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT04497844?term=67652000PCR3002+-+AMPLITUDE&draw=2&rank=1

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.

Responsável técnico: Dr. Bruno Lemos Ferrari | CRM-MG 26609