2835, 2835, inorp, inorp.svg, 7184, http://www.grupooncoclinicas.com/inorp/wp-content/uploads/sites/19/2017/11/inorp.svg, http://www.grupooncoclinicas.com/inorp/inorp/, , 1, , , inorp, inherit, 0, 2017-11-28 19:17:05, 2017-11-28 19:17:05, 0, image/svg+xml, image, svg+xml, http://www.grupooncoclinicas.com/inorp/wp-includes/images/media/default.png, 0, 0, Array
Você está em:

Equipe Multiprofissional em Clínica Oncológica: Adaptação de Modelos de SAF e SAE

Equipe multiprofissional é a modalidade de trabalho coletivo configurado na relação recíproca entre as múltiplas intervenções técnicas e interações de agentes de diferentes áreas profissionais.

XVII Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica, Gramado-RS

INTRODUÇÃO:

Equipe multiprofissional é a modalidade de trabalho coletivo configurado na relação recíproca entre as múltiplas intervenções técnicas e interações de agentes de diferentes áreas profissionais. Na oncologia, essa inter-relação de diversos saberes profissionais na proposição das condutas terapêuticas, junto da efetiva participação do paciente e familiares, constrói a ação integral e integrada, abrangendo aspectos físicos, psicossociais e espirituais. A Sistematização da Assistência Farmacêutica (SAF), assim como a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), através dos respectivos profissionais responsáveis, tem como objetivo o acompanhamento integral, individualizado e contínuo durante o tratamento dos pacientes, visando melhora na farmacoterapia e manejo das reações adversas.
METODOLOGIA:

Adequação dos métodos de Atenção Farmacêutica: Dáder, SOAP, PWDT, TOM e PCNE e a Classificação Internacional dos Diagnósticos de Enfermagem (NANDA), para a realidade cotidiana do local.
RESULTADOS:

Foram desenvolvidos modelo de SAF e SAE de acordo com as necessidades dos pacientes em tratamento oncológico. Na SAF, baseado principalmente do método Dáder, realiza-se a detecção de Problemas Relacionados a Medicamentos, promovendo o atendimento necessário, eficaz e seguro, além da adesão do paciente ao tratamento. Na SAE é feita a investigação das alterações biopsicossociais dos pacientes através das queixas e observações e levantados os Diagnósticos de Enfermagem. Quando necessário, são realizadas intervenções, a fim de corrigir ou amenizar efeitos do tratamento.

CONCLUSÃO:

A implementação da SAF e da SAE em conjunto pode contribuir para a qualidade no atendimento, a segurança e assistência integral ao paciente oncológico.

Autores: FIGUEIREDO, P.A; VANCIN, J.O.; TOSTES, C.L.; TOLEDO, F.A.; MONTEIRO, A.J.; SUAVINHA, M, LIMA, R.C.

GRUPO ONCOCLíNICAS. SUA ViDA, NOSSA VIDA.